Pesquisar

DIGA NÃO À PEC 37! FAÇA VALER A DEMOCRACIA!

O texto da postagem está destacado abaixo porque este blog foi criado em 2.012, quando Gunnar Santos tinha apenas 16 anos. Ele publicava aqui conteúdo de Política devido a sua vontade em seguir o Jornalismo Político.

Os textos que contêm tal destaque, como este, são apenas os de caráter crítico e político escritos naquele momento e, portanto, não representam qualquer posicionamento, opinião ou pensamento tanto da GNR como do próprio Gunnar. A decisão de mantê-los aqui se deu pelo fato de que faz parte da história do conteúdo produzido por ele. No entanto, para evitar interpretações equivocadas, se fez necessária a adição desta nota.

Em contrapartida, as antigas publicações literárias não fazem parte dessa classe e não carregam esse aviso.

- Grupo GNR.

Políticos não podem esquecer que o povo está mudando o país! Se manifestações ocorreram pelo aumento da passagem de ônibus, se a PEC 37 for aprovada, será tempo de revolução.

Primeiramente eu acho uma vergonha essa emenda. Só a ideia da PEC 37 já é um absurdo. Trata-se de uma emenda inconstitucional que veta as investigações feitas pelo Ministério Público. Veja a definição objetiva segundo o site oficial do Ministério Público do Paraná, estado onde 22 deputados são contra e 8 são a favor à emenda ou não apresentaram posicionamento:

"O projeto, conhecido como PEC da Impunidade, pretende tirar o poder de investigação criminal dos Ministérios Públicos Estaduais e Federal, modificando a Constituição Brasileira. Na prática, se aprovada, a emenda praticamente inviabilizará investigações contra o crime organizado, desvio de verbas, corrupção, abusos cometidos por agentes do Estado e violações de direitos humanos. [...] pode impedir também que outros órgãos realizem investigações, como a Receita Federal, a COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), o TCU (Tribunal de Contas da União), as CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito), entre outros."

Serei muito objetivo quanto a isso. Está claro que isso é algo democrático, que deveria ter a participação do povo. Mas como teoricamente tal povo já escolheu seu representante político e que quando votaram no mesmo sabiam de seus ideais e objetivos (ou ao menos deveriam), tecnicamente está participando da votação.

Porém, se é um país democrático e o povo não pode interferir indiretamente nessa votação restrita aos deputados, que a voz do povo seja ouvida! E se for aprovada a PEC 37, que seja feita REVOLUÇÃO!

Clique aqui para assinar o abaixo assinado eletrônico!


Nenhum comentário :

Postar um comentário