Pesquisar

Todo mundo tem duas vidas. É preciso saber diferenciá-las.

O texto da postagem está destacado abaixo porque este blog foi criado em 2.012, quando Gunnar Santos tinha apenas 16 anos. Ele publicava aqui conteúdo de Política devido a sua vontade em seguir o Jornalismo Político.

Os textos que contêm tal destaque, como este, são apenas os de caráter crítico e político escritos naquele momento e, portanto, não representam qualquer posicionamento, opinião ou pensamento tanto da GNR como do próprio Gunnar. A decisão de mantê-los aqui se deu pelo fato de que faz parte da história do conteúdo produzido por ele. No entanto, para evitar interpretações equivocadas, se fez necessária a adição desta nota.

Em contrapartida, as antigas publicações literárias não fazem parte dessa classe e não carregam esse aviso.

- Grupo GNR.

Governador Sérgio Cabral é um político cuja população não se agrada. Mas o que o cidadão carioca Sérgio Cabral tem a ver com isso?

Fazer manifestação contra políticos é um direito que a população tem por viver em um país democrático. Isso não é muito da cultura dos brasileiros, que durante anos se acomodaram apenas a assistir, não transgredir e depois reclamar. Em 2.013 finalmente o povo deixou de ser assim, se revelou e parecem ter marcado história na política nacional. Vamos ver se, realmente, essa manifestação terá tido efeito daqui a alguns anos.

Porém é necessário diferenciar as coisas. As manifestações são contra o trabalho que os governantes têm rendido como representantes do povo e isso deve ser levado em conta. O povo não está satisfeito com os efeitos e rumos da política brasileira e com os políticos que são os responsáveis por isso. Mas fazer protesto em frente a casa de governador, aí é demais.

  • Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho, nascido em 27 de janeiro de 1.963, na cidade do Rio de Janeiro, é divorciado, tem dois filhos e continua a viver na cidade natal.
  • Governador Sérgio Cabral é atual governador do estado do Rio de Janeiro e o 61º de toda a história. Foi considerado em 2.009 pela revista Época uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil. Filho do jornalista Sérgio Cabral, é formado na mesma profissão do pai pela Faculdade da Cidade, atual UniverCidade. No momento passa por turbulência ao ter a maioria da população carioca contrariada e solicitando impeachment.

Viram a diferença? O povo está contra o Governador Sérgio Cabral, e não contra Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho. O último é um cidadão que vive no Rio de Janeiro e tem dois filhos. Se a população está contra o Governador, não pode estender ao cidadão.

Não sei detalhes sobre esse episódio por ser paulistano e acompanhar apenas de longe tudo isso. O que sei é muito brevemente a respeito do Maracanã (que seria privatizado, depois deixou de ser; O Complexo seria demolido, agora não vai mais). Porém sei que o governador teve a humildade de pedir aos manifestantes que deixassem a frente da sua casa. Nisso eu estou com ele.

Ali naquela casa existe um ambiente familiar. Lá estão os filhos dele e todo o convívio social do cidadão. Fazer manifestação contra ações do Governador em frente a casa do cidadão é um exagero. Eu sou muito a favor de manifestações, principalmente agora que os políticos estão se tremendo todos, só que agora os cariocas foram longe demais.

Nas outras coisas eu prefiro não comentar porque não estou a par dos fatos, mas neste quesito eu estou ao lado do cidadão Sérgio Cabral e sou a favor da saída dos manifestantes da porta de sua casa.



Nenhum comentário :

Postar um comentário