Pesquisar

A polêmica das biografias

O texto da postagem está destacado abaixo porque este blog foi criado em 2.012, quando Gunnar Santos tinha apenas 16 anos. Ele publicava aqui conteúdo de Política devido a sua vontade em seguir o Jornalismo Político.

Os textos que contêm tal destaque, como este, são apenas os de caráter crítico e político escritos naquele momento e, portanto, não representam qualquer posicionamento, opinião ou pensamento tanto da GNR como do próprio Gunnar. A decisão de mantê-los aqui se deu pelo fato de que faz parte da história do conteúdo produzido por ele. No entanto, para evitar interpretações equivocadas, se fez necessária a adição desta nota.

Em contrapartida, as antigas publicações literárias não fazem parte dessa classe e não carregam esse aviso.

- Grupo GNR.

Se precisa ter autorização até pra usar música de um artista na novela, por que querem tirar a autorização para escreverem uma biografia sobre o mesmo artista?

Existem algumas políticas aqui no Brasil que não consigo entender. Por que o Brasil possui a maior reserva do mundo de nióbio (o minério mais caro) e só comercializa isso com os americanos, por que o Brasil é o país mais rico em leitos fluviais e nem todos têm acesso a água potável, por que o Brasil facilita entrada de norte-americanos enquanto eles fazem o contrário com os brasileiros, por que o PlayStation 4 é 4 mil reais aqui, o local mais caro de venda do videogame, por que a internet do Brasil é a pior do mundo (isso é comprovado. Itapema-SC que diga.) e mesmo devido a isso tudo os impostos são os mais caros.

Mas eu não entendo a incoerência nessa polêmica das biografias. Para quem não sabe, estão desenvolvendo um projeto de lei que não exige a autorização do artista para alguém fazer uma biografia. Digamos que eu seja fã do Roberto Carlos e decida escrever uma biografia sobre ele. O que eu preciso é abrir meu Word 2013 e começar a escrever. Quando terminar tudo, mandar pra uma editora e publicar. Pronto, é isso o que eles querem.


Olha a incoerência: fazer biografia sem autorização do autor pode, mas usar Esse Cara Sou Eu como trilha sonora da novela não pode, né? Uma biografia é muito maior, mais significante e mais interessante do que uma música. Por que para a música o autor deve autorizar a utilização e ainda receber remuneração enquanto para biografia querem que tudo seja liberal?!

A biografia do Roberto Carlos foi retirada das livrarias por que ele processou o cara que a fez sem autorização. Está mais do que certo, eu decido se quero uma biografia ou não. E se acontecer de lançarem duas biografias ao mesmo tempo, uma feita formalmente pelo filho do artista e outra por um fã maluco? Como fica?

Novamente batendo na mesma tecla: usar uma música como fundo em um vídeo no YouTube não pode. Seu vídeo será removido se fizer isso. Então, youtuber, faça uma biografia que o artista nem vai ficar sabendo. Sem contar que dá mais dinheiro. (ou não, brasileiro não lê)

E se houver difamação? O que a câmara diz é que, em casos onde o artista se sentir humilhado ou com a sua imagem artística atingida, ele pode solicitar a retirada do trecho para a próxima edição e deve ser indenizado...



Calma, Felipe Neto, sem palavrões (só que não).

"Virgem Maria", o povo gosta de complicar as coisas?! Não seria mais fácil, simplesmente, o autor da biografia comunicar o artista, esse artista ler a obra e indicar o que quer que mude?! Assim não seria preciso processar ninguém e nem fazer outra edição! Até porque, a primeira edição já teria sido lançada e vendida, ou seja, muitos leitores teriam tido acesso a essa primeira edição.

Enfim: biografia tem que ser autorizada sim. A imagem de um artista deve ser utilizada somente por ele mesmo ou por pessoas autorizadas.

2 comentários :

  1. Assunto interessante. Deus me livre se fizessem uma biografia minha e não me comunicassem(ouchê...estou me achando agora.hahahahahahahahahahaha).
    Mas serio, isso é falta de ética e respeito, pois uma biografia tem de tudo, ate difamação, como você citou. E publicar sem a autorização da pessoa, é a mesma coisa que um Plagio, pois se você esta falando de uma pessoa, você estará revelando muitas coisas, ate as mais obscuras, aquela que o ser não queria que nem a mãe soubesse(hahahahahahahahahaha), para um país inteiro. Imagine, a sua vida, bem dito SUA VIDA, ser revelada assim, sem você saber. Não seria um plagio!
    O que falar da vida alheia pode, mas colocar a musica 'ai se eu te pego" em uma trilha não. Olha este Brasil esta cada vez mais complicado, serio, tem coisas que eu não entendo.É para rir...hahahahahahahahahahahahaha,

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKK.

      Isso aí, Ana. Penso exatamente como você.

      Abraço!

      Excluir