Breaking

02/05/2019

Epic Games adquire Psyonix e Rocket League poderá sair da Steam

Sem valores revelados, a Psyonix fez o anúncio com entusiasmo e garantindo que a transação trará benefícios para o jogo e para seus fãs.


A comunidade de fãs de Rocket League foi pega de surpresa com a notícia de que a Epic Games, criadora de Fortnite, adquiriu a Psyonix, criadora de RL. O anúncio foi feito ontem no site oficial de Rocket League e é encarado com muito entusiasmo pelos envolvidos. O valor da compra não foi divulgado.

Imediatamente pode haver certo receio por parte dos jogadores, pois o estúdio inteiro foi adquirido. Porém a própria equipe da Psyonix fez questão de garantir que a união junto à Epic Games será algo promissor e que trará melhorias, suporte e apoio para melhor resultado ao jogo. A equipe que trabalha no jogo será mantida inteiramente e não haverá mudanças de gameplay.

"Seus primeiros questionamentos para notícias como essa devem ser 'O que isso significa para Rocket League e sua comunidade?'" diz o anúncio. "Estamos felizes em dizer que as respostas são apenas positivas. Rocket League sempre foi e sempre será um jogo dirigido pela comunidade, e agora que juntamos forças com a Epic, seremos capazes de servir nossa comunidade em maiores e melhores caminhos!".

O anúncio gera expectativa também a respeito dos esportes eletrônicos, pois aumentará o alcance de Rocket League ainda mais devido à expertise que será fornecida pela Epic Games. "É uma grande mudança para o ecossistema de e-sports de Rocket League porque aumentará significativamente nosso potencial de alcance e pesquisas. [...] Realmente acreditamos que vocês verão que nosso futuro nos e-sports será muito animador  especialmente no futuro próximo, onde as finais do Rocket League Championship Series (RLCS)  em 21-23 de junho no Prudential Center em Nova Jérsei encerrará nossa sétima temporada com um estrondo!"

Dave Hagewood, fundador da Psyonix exaltou a boa relação que a empresa já tinha com a sua compradora. "Estivemos trabalhando juntos à Epic desde alguns dias antes do Unreal Tournament, e sobrevivemos a marés de mudanças como parceiros, então unir forças faz sentido em muitos caminhos. O potencial do que poderemos aprender e realizar uns com os outros nos deixa verdadeiramente animados para o futuro".

É provável que Rocket League deixe de ser vendido pela Steam e seja integrado à vitrine da Epic Games. Um porta-voz da empresa disse ao The Verge que embora não haja qualquer anúncio oficial sobre essa questão, "continuaremos a vender Rocket League na Steam [...] e planos para longo-prazo serão anunciados no futuro.

Rocket League foi lançado em 2015 para Playstation 4 e PC e já conta com mais de 50 milhões de jogadores.

Fontes: Psyonix e The Verge.

Nenhum comentário:

Postar um comentário